Molduras para quadros: como escolher ?

Escolher a moldura para o seu quadro pode ser uma tarefa mais difícil que eleger a imagem. Isso porque a moldura pode valorizar ou, no caso de uma escolha equivocada, desvalorizar a sua obra. O mais importante é sempre optar por peças que tenham estilos semelhantes. Se você ainda não sabe por onde começar ou fica perdido com a variedade do mercado, olha só essas dicas que o Paulo Biacchi preparou para você.

Pôsteres também podem ser valorizados com o uso de molduras

No lugar das velhas pinturas em tela, os pôsteres têm feito a cabeça dos decoradores. Eles normalmente são gravuras em papel que podem ser desenhos ou frases que representam a sua personalidade ou deixam uma mensagem para quem chega. Para dar mais destaque a eles, opte por uma moldura que dialogue diretamente com o desenho. O designer Paulo Biacchi dá o exemplo de uma imagem feita sobre um papel com a tonalidade mais puxada para o marrom, como um efeito mais desgastado. Nesse caso, uma moldura de madeira é muito bem-vinda! Se preferir uma decoração mais alegre e contemporânea, opte por uma moldura colorida como a amarela, que dialoga com a cor das letras do pôster.

Quando usar o paspatur?

Você provavelmente já viu quadros que possuem aquela moldura branca em volta. Se sim, então você conhece o famoso paspatur. É o nome dado a esse emolduramento da foto, pintura ou qualquer outra obra. A gente sabe que ele é uma ótima opção para garantir a harmonia entre moldura e obra, mas existem outras dicas para saber quando usá-lo. Para Biacchi, o mais aconselhável é usar quando você tem uma foto mais autoral e quer valorizá-la. Viajou e tirou foto de uma paisagem linda? Aposte no paspatur para emoldurar na sua parede: vai chamar mais atenção e ficar bem profissional. Ah, é bom lembrar que o paspatur também tem a função de proteger o quadro do contato com o vidro.

No caso de quadros com fotos mais genéricas, como composições com utensílios de cozinha, comidas ou formas geométricas, o mais indicado é que não se use o paspatur. A proximidade entre a imagem e a moldura vai deixar a peça mais coerente. Se você não sabe onde usar esses modelos, cozinhas, áreas externas e espaços gourmet são ótimos ambientes para isso.

Molduras no estilo rococó pedem pinturas mais tradicionais

Se você se identifica com uma decoração mais clássica, vai adorar as molduras em rococó. São aquelas mais tradicionais, muito usada para o emolduramento de pinturas e espelhos. Como elas já possuem essa carga histórica, o interessante é que isso se repita, também, nas gravuras. Por isso, se você possui um quadro com uma pintura mais clássica, como autorretratos feitos à mão, a moldura no estilo rococó pode ser o melhor caminho!

Dica para não errar!

Após todas essas dicas do Paulo Biacchi, você já deve ter percebido que existe uma relação entre a moldura e a gravura, certo? Esse é o principal conselho do designer: escolha sempre por uma peça que tenha relação com a obra. Se o fundo da sua imagem for preto, busque um emolduramento na mesma tonalidade. Se for em outras cores, busque pelo colorido. Esse diálogo entre as duas partes é super importante para chamar mais atenção para o quadro e deixar o seu ambiente na mesma sintonia. Continue lendo…

Comments (3)

  1. John White outubro 14, 2016 Reply

    Sit amet velit metus. Proin posuere, ligula nec porttitor eget luctus, risus lectus tristique ligula, quis vivam pretium elit diam a nisi. Proin vehicula malesuada dolor, vel rutrum. quam sollicitudin.

  2. Anna Smith outubro 14, 2016 Reply

    Lectus tristique ligula, quis pretium elit diam a nisi.

    • Tom Johnson outubro 14, 2016 Reply

      Nullam at leo tincidunt felis facilisis tincidunt. Nunc sit amet velit metus. Proin posuere, ligula nec porttitor eget luctus, risus lectus tristique ligula, quis pretium elit diam a nisi. Proin vehicula malesuada dolor, vel rutrum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *